Podemos sentir o poder do movimento e do groove enquanto dançamos, mas a razão pela qual a dança nos faz feliz, deve-se a vários fatores…

Os humanos dançam desde os tempos antigos, mas existe uma vontade crescente nos últimos anos.

Todos nós já assistimos a um bebé a dançar com alegria ao som de uma música agradável. Mas já se perguntou como é que o bebé aprendeu a dançar? O pequeno humano ainda não sabe falar, os pais nunca lhe ensinaram a arte de dançar, mas ele sabe como fazê-lo. Isto porque dançar é um instinto natural do ser humano, que nos ajuda a expressar emoções e a comunicar.

Dançar faz-nos felizes por motivos que nem sequer imaginamos…

1 – Faz maravilhas à nossa saúde mental

A dança é tão terapêutica, quanto natural. Desde os dedos dos pés até à cabeça, todos nós fazemos isso sem nos apercebermos. Quando dançamos, os nossos corpos libertam endorfinas para o alívio da dor. Essas endorfinas são o melhor remédio para depressão, ansiedade e stress. Aprender uma nova rotina fá-lo pensar: um membro de Dance for Parkinson disse ao The Guardian: “Eu estava num lugar muito negro mentalmente quando cheguei aqui, mas a dança mantém-me vivo”.

2 – Brilhante Interação Social

A solidão mata mais pessoas do que a obesidade, de acordo com um estudo da Brigham Young University. Outros estudos recentes sobre isolamento social destacaram o enorme impacto que a solidão pode ter sobre o nosso bem-estar. Tanto assim é, que governos em todo o mundo estão a apostar em campanhas para que todos nós estejamos atentos a sinais de isolamento, especialmente na comunidade idosa.

A dimensão social da dança é quase tão importante quanto o exercício físico. Aulas de dança são uma das melhores maneiras de se envolver na comunidade e conhecer outras pessoas, o que pode fazer maravilhas pelo seu bem-estar mental.

3 – Ótimo relaxamento

Não são só movimentos energéticos com batidas de alta intensidade. A dança pode ser suave e relaxante, fazendo-o balançar tão suave como uma árvore numa brisa ao invés de girar como um dançarino de Nova York. Para aqueles que não têm mobilidade, movimentos suaves em cadeiras de rodas podem beneficiar o bem-estar mental e físico. Existem tantas formas de aproveitar.

4 – Aumenta a auto-estima

Às vezes, precisamos de um pouco de incentivo para sair e exercitar ou socializar. Juntar os dois pode ser assustador. Não deixe que os pensamentos negativos o privem da alegria da dança: abrace-a e envolva-se nas coisas positivas que esta tem para lhe dar.

Depois de superar os primeiros minutos de inibições, vai rir e queimar calorias da forma mais natural possível.

Não se preocupe em falhar alguns movimentos – até o bailarino soviético Rudolf Nureyev cometeu erros e ele é uma estrela do lago dos cisnes.

5 – Estimula a criatividade

A dança é uma forma de expressão. Durante séculos, homens e mulheres de tribos e comunidades usaram a arte da dança para simbolizar pensamentos e ideias. Essa criatividade pode ajudar-nos a expressar os nossos próprios sentimentos e essa auto-expressão pode ter um efeito maravilhoso no nosso bem-estar geral.

Encontre o ritmo perfeito para si numa das nossas aulas de grupo aqui.

IDIOMA | LANGUAGE

24h LIVE STATS

  • 23,020
  • 79,158
  • 695,209
  • 18,520
  • September 14, 2019
error: Content is protected !!